CROBA – Conselho Regional de Odontologia da Bahia

Detalhes da Noticia


Comissão de Odontologia Hospitalar solicita do Deputado Marcelo Veiga projeto de lei que garante a inserção do cirurgião-dentista em UTIs dos hospitais da Bahia

Comissão de Odontologia Hospitalar solicita do Deputado Marcelo Veiga projeto de lei que garante a inserção do cirurgião-dentista em UTIs dos hospitais da Bahia

A Comissão de Odontologia Hospitalar do CRO-BA, solicitou junto ao gabinete do deputado Marcelo Veiga, a criação do Projeto de lei que garantisse a inserção do cirurgião-dentista nas UTIs dos hospitais da Bahia. Para Dra. Andreia Figueiredo, presidente da Comissão, existe uma cooperação técnica entre o CRO-BA e o gabinete do Deputado, a fim de sensibilizar os deputados sobre a temática. “A atuação desse profissional nos hospitais não se resume às intervenções cirúrgicas, mas abarca um espectro de procedimentos que incluem o diagnóstico clínico; interpretação de exames complementares; controle de infecções; acompanhamento clínico e tratamento específico, tanto a nível ambulatorial como em regime de internação, no atendimento a pacientes com necessidades especiais, portadores de doenças sistêmicas, no pré e pós-operatório. O setor abrange ainda a capacitação e supervisão de equipes auxiliares para manutenção da saúde oral. Diminuindo o tempo e custos com internação”, pontuou Dra. Andreia.

O projeto de lei nº 23.443/2019, de autoria do deputado Marcelo Veiga, foi publicado nesta terça-feira (13), no Diário Oficial do Estado. Para o parlamentar, a presença de cirurgiões-dentistas nas UTIs dos hospitais estaduais vai encurtar o tempo de tratamento, prevenir doenças e infecções, melhorando a qualidade de vida das pessoas.

 “Eu percebo que o cirurgião-dentista tem muito a contribuir para com as equipes médicas que atuam nas UTIs do Estado. A saúde bucal tem efeitos sérios no nosso bem-estar geral. Apesar de não parecer, até mesmo órgãos como o coração sentem os efeitos de uma boca saudável ou que precisa de cuidados urgentes. Além disso precisamos tratar os pacientes com o máximo de humanidade, o máximo de respeito e, diria até o máximo de carinho que pudermos”, observa o parlamentar.

O CRO-BA estará empenhado nesta luta e não medirá esforços para ter o apoio dos parlamentares para aprovação do projeto e em seguida a sanção do governador Rui Costa.

 

Por Fernanda Matos

asom@croba.org.br

09/09/2019