1. Navegue Abaixo

09/11/2018

Homem é preso exercendo ilegalmente a profissão de cirurgião-dentista em Itabuna

Homem é preso exercendo ilegalmente a profissão de cirurgião-dentista em Itabuna

Um homem de 63 anos, conhecido como “Leal Dentista”, foi preso em flagrante nesta quarta-feira (8)  exercendo ilegalmente a profissão de cirurgião-dentista em Itabuna. Em depoimento, ele afirmou que realizava extrações e prótese, atendendo em média 3 pessoas por dia e cobrava em média R$50,00 por procedimento.
O falso dentista vai responder pelo exercício ilegal da profissão da Odontologia e, se condenado, pode pegar de seis meses a dois anos de prisão. Ainda segundo o CRO-BA, esta é a 10ª pessoa flagrada atuando ilegalmente como cirurgião-dentista em 2018.
Para o Presidente da Comissão de Fiscalização do CRO-BA, Dr. Carlos Dourado, “quem incorre em crime que coloca em risco a saúde da população deve sofrer penalidade maior a que ora se atribui a prática do exercício ilegal”.
Segundo Dr. Carlos Dourado, a classe odontológica aguarda a aprovação do projeto de Lei 3063/08 que, em seu texto original, agrava a pena de reclusão de 2 a 6 anos e multa, punindo com efetividade aquele que exercer ilegalmente a profissão de cirurgião-dentista.